Conteúdo Menu conteúdo do menu
conteúdo principal
29/01/2019

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Prefeito de Nova Petrópolis aciona AGERGS em busca de melhorias no abastecimento de água

Revisão do contrato de prestação de serviços da CORSAN foi pauta da reunião

COMPARTILHAR NOTÍCIA

O prefeito de Nova Petrópolis, Regis Luiz Hahn, foi recebido na Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (AGERGS), na terça-feira, 22 de janeiro, para promover melhorias no abastecimento de água no Município. Participaram da reunião o conselheiro presidente da AGERGS, Isidoro Zorzi; o secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Lucas da Costa de Lima, e o secretário de Planejamento de Nova Petrópolis em exercício, Fábio Müller.

         A comitiva de Nova Petrópolis, que relatou à AGERGS a existência de problemas na execução do contrato de prestação de serviços da Corsan no Município, solicitou auxílio do órgão Estadual para modificar o contrato. De acordo com as autoridades Municipais, a Corsan não procurou a Administração Municipal para adequar as questões relacionadas à execução do contrato que, além de não possuir metas específicas, também não contempla as peculiaridades do Município.

         A reunião rendeu resultados positivos para a Prefeitura de Nova Petrópolis. Ficou acordado que a Comissão Fiscal do contrato de prestação de serviços da Corsan, instituída em 26 de dezembro de 2018, será treinada pela AGERGS para cumprir seu papel de forma mais efetiva. Baseado na atuação da comissão de fiscalização, o Município poderá notificar a Corsan quando não houver cumprimento de cláusulas contratuais.

Para o prefeito Regis Luiz Hahn, garantir que o abastecimento de água no futuro é o maior objetivo. “O abastecimento de água em Nova Petrópolis está atendendo a demanda, mas, não vai além disso e esse cenário preocupa. Queremos garantir que não tenhamos problemas com o abastecimento no futuro, por isso, é necessário que ocorram mudanças no contrato com a Corsan. Estamos lutando para ampliar o abastecimento no Município”, destacou o prefeito.

         A Administração Municipal pretende inserir no contrato a criação de um Fundo de Gestão Compartilhada, instrumento que pode conferir ao Município uma participação maior no gerenciamento dos investimentos feitos pela Corsan no sistema de abastecimento de água local. De acordo com o resultado do exercício de 2017, Nova Petrópolis gerou um superávit de R$ 453.273,81 aos cofres da Corsan.

         Na página facebook.com/novapetropolisrs você encontra vídeos, fotos e notícias das ações desenvolvidas pela Administração Municipal.

Outras Notícias